O blogue serve para dar voz e partilhar os meus escritos sejam poemas, prosas e crónicas ou outro qualquer género literário. Aqui também se divulgam os meus livros. Para quem quiser ler-me... Obrigado pela vossa carinhosa presença!
25 de Abril de 2010

Esta noite sonhei ser escritor. E no meu sonho eu era o centro de todas as atenções. Escrevi um único livro que falava de pessoas e dos seus laços que as ligam à terra. Nesse livro, recheado de sensações, alguns dos personagens eram inspirados da vida real, outros da vida virtual e sobravam páginas para colocar alguns amigos da minha vida do imaginário.

O livro tinha o título, pequeno, de ASAS. Pequeno por serem quatro letras apenas. Mas, na verdade do meu sonho, este título, para mim, era enorme.

Com ele consegui voar. Regressei à minha primeira escola, onde aprendi a escrever, para junto dos meus amigos de infância e alguns familiares pudesse falar do meu sonho da escrita. Senti Amor nos rostos dos presentes, vi a Saudade estampada nos olhares e as lágrimas que se perderam eram de uma Alegria incontida numa mensagem sem palavras mas singela de que, os Sonhos devem ser tentados até serem realizados. E esse era o segredo do meu livro: ASAS para voar, eram feitas de Amor, Saudade, Alegria e Sonhos.

As palavras, neste livro de sonhos, transmitiam fielmente as sensações que sempre senti, aqui e ali, e que agora se realizam, através do livro, no meu mundo de sonhos. Este era o meu único e majestoso desejo: ser escritor.

Ser o escritor que com as palavras juntava as pessoas. Que fazia renascer esperanças, que as envolvia em projectos conjuntos por um mundo melhor para todos.

Quando o dia raiou, despedi-me do sonho com a certeza de voltar a encontrá-lo, com a esperança de voltar a reinventá-lo, e sorri para mais um domingo.

Hoje, durante todo o domingo, vou viver os resquícios deste sonho, aqui e ali, para alimentar a esperança que sobrevive dentro de mim.

Que o amanhã me traga a realidade deste sonho!

publicado por Montepuez às 06:30
E acabei por me surpreender e porque as emoções ainda me surpreendem...que as palavras não se cansem de nascer.
Parabéns...

Bjo
Fatima
fatima a 26 de Abril de 2010 às 14:57
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
15
18
28
30
Posts mais comentados
4 comentários
2 comentários
2 comentários
1 cometário
1 cometário
1 cometário
1 cometário
1 cometário
1 cometário
1 cometário
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Amigo EduardoVotos de muitas felicidades, sobretud...
Nem só de tempo vive o Homem...
É é isso que nos alimenta o mundo de hoje ou não s...
Venho deixar um abraço com desejos de muitas alegr...
As palavras não são sempre doces. Mas são sempre n...
"Dos meus olhos,caem metáforas, iguarias e espelho...
Muito belo este registo. Quando imagens calam pala...
Eu adoro girassóis. Acho fantástico quando a luz s...
Hoje a vida faz-se de pequenas mensagens escritas ...
Ola Eduardo, estou aqui visitando seu blog pela pr...
blogs SAPO